Clássico de Erich Maria Remarque (título “All Quiet On The Western Front”) sobre a primeira guerra mundial, vista da perspectiva do soldado na frente de batalha. Apesar da prosa levíssima e do tema interessante, tive dificuldade de entrar na narrativa, de me concentrar no que conta o protagonista. Não sei a razão. Geralmente sou uma leitora atenta e concentrada, mas existem livros que me deixam meio de fora. Foi assim com esse e com outro autor clássico: Proust. Acho que sou uma daquelas rebeldes desfarcadas, que não se curvam à unanimidade. Ao mesmo tempo em que é uma bobagem sem fim porque tanto Proust como Remarque são autores reconhecidamente ótimos. Não me apaixonei. Mas sei que preciso relê-lo, assim como preciso reler Proust.

Lido em sueco.

Advertisements