Livro delicadíssimo. Escrito pelo marido de Iris Murdoch, John Bayley. A escritora britânica, da qual eu jamais havia ouvido falar, sofreu anos com o Mal de Alzheimer, o que fez sua história especialmente interessante para mim. Li cada página com um aperto no peito; por vezes reconhecendo sintomas, outras simplesmente constatando que essa doença terrível arrasa com quem quer que seja. Tanto pacientes quanto familiares sofrem perdas distintas, porém de forma igualmente dolorosa. Muito tocante.

Lido em inglês.

"Godnatt mister Tom"

April 5, 2002

O livro de Michelle Magorian conta a história de Willie Beech, um menino que foi “evacuado” (no sentido anglo-saxão da palavra, por favor) da cidade de Londres, quando da Segunda Guerra Mundial. Willie vai morar com Tom Oakley, um velho solitário no pequeno vilarejo Little Weirwold. É uma história comovente, ainda que meio sentimentalóide. Meu conselho: desarme-se das patrulhas ideológicas que nos impedem de se entregar à emoção e aproveite. :c)

Lido em sueco.

"Möss och Människor"

April 5, 2002

“Of Mice and Men”, o clássico de John Steinbeck, originalmente publicado em 1970. Foi um dos primeiros livros que li em sueco e se mostrou mais fácil do que eu imaginava – pelo menos do ponto de vista gramatical. Conta as andanças de Lenny e George pelo Sul dos EUA durante a depressão dos anos 30. Steinbeck escreve sobre amizade, traição e desespero. Muito legal.

Lido em sueco.