"Paradiset"

October 17, 2002

Se não me engano esse foi o terceiro livro da Liza Marklund que li. Conta a história de Aida, uma mulher refugiada que precisa salvar sua pele e, para isso, conta com a ajuda de uma sociedade de apoio a mulheres pra lá de estranha. Quem ajuda Aida é a jornalista Annika Bengtzon – a protagonista de quase todos os romances de Marklund. Ela é uma repórter-terrier, que nunca desiste. Ela sua, se coloca em perigo e batalha pra ter carreira, apesar dos dois filhos e do marido Thomas. Que, aliás, ela conhece aqui nesse livro. Liza Marklund tem um estilo especial, um livro volta no tempo enquanto outro pula vários anos, que serão explicados nos livros seguintes. Uma doideira. Gosto muito dela.

Lido em sueco.

Advertisements

"Bröderna Lejonhjärta"

October 11, 2002

O livro de Astrid Lindgren é surpreendente. Acompanhamos Skorpan (apelido do protagonista) e seu irmão mais velho Jonatan em sua busca por Nangiala, a terra das sagas, onde há aventura – e para onde todo mundo vai quando morre. Em meio à fantasia dourada e a uma realidade muito dura, escolhe Skorpan acompanhar seu irmão à Nangiala… Confesso que esse livro me traumatizou. Ainda hoje tenho dificuldade de ler Astrid Lindgren. Pra ser sincera, não pretendo fazê-lo tão cedo.

Lido em sueco.