“Kvinnan i rummet”

October 1, 2017

Primeiro livro do escritor dinamarquês Jussi Adler-Olsen que li. E só o fiz porque foi para o meu círculo de livros. O livro, cujo título pode ser traduzido como “A mulher no quarto”, é uma obra policial, o que não faz o meu gênero. Mas tenho que admitir que gostei no início, achei a intriga interessante até saber quem era o culpado. O problema é que quando eu entendo o quebra-cabeca, esse tipo de livro perde a graca. Além disso, livros policiais não costumam ter qualidade literária, o que eu acho mais importante de tudo. A história é o início de uma série sobre o comissário de polícia Carl Mörk que investiga casos antigos, já fechados mas não resolvidos. Ele reabre um caso sobre uma jovem política que desapareceu há cinco anos, mas cujo corpo nunca foi encontrado.

Lido em sueco.

Advertisements

"Kronprinsessan"

February 28, 2005

Hanne-Vibeke Holst e sua “Princesa coroada”, não me conquistaram. O livro é sobre a ascenção ao poder de Charlotte Damgaard, ativista ecológica que vira ministra do meio-ambiante da Dinamarca. Fraquinho, meio chato, e, como sempre em se tratando de Hanne-Vibeke Holst, loooooooongo.

Lido em sueco.