“The Green Road”

October 22, 2016

Primeiro livro da escritora irlandesa Anne Enright que leio depois de ver muitas resenhas ótimas e de assistir a uma entrevista dela num programa de livros na TV sueca. Mas, me decepcionei. O livro conta a história da família Madigan, os filhos Dan, Hanna, Emmet och Constance, e da mãe Rosaleen. O pai existe mas morre logo. O interessante é que Anne Enright descreve cada filho em um capítulo separado, Hanna nos anos 80, Dan nos anos 90 (em Nova York, no ápice da epidemia de AIDS), Emmet (na África, trabalhando para ONGs) e Constance na primeira década de 2000. Dessa parte eu gostei, mesmo perdendo algumas referências culturais irlandesas e americanas. No final, todos os filhos se reúnem na casa de Rosaleen pro Natal. A mãe é uma pessoa difícil e egoista. Fica claro que ela não sabia como amar os filhos sem se colocar no centro, sempre. O livro é bom; fica claro a dificuldade dos filhos em ter uma vida emocional equilibrada depois de uma vida com uma mãe não acessível emocionalmente. Mas mesmo assim achei o livro “ligeiro” demais. Anne Enright escreve bem sobre personagens interessantes mas não desenvolve cada personagem como deveria, na minha opinião. Fiquei frustrada quando acabei de ler.

Lido em inglês.