“Om hösten”

November 12, 2017

Que decepcão! Eu adoro Karl-Ove Knausgård, por isso corri pra comprar esse, o primeiro de uma nova série dele, sobre as estacões do ano, intercaladas com o que acontece na vida dele. Esse livro, cujo título no riginal é “Sobre o outono”, pode ser explicado como uma série de anotacões de diário, sobre coisas inanimadas, como um saco plástico. O que é um pouco mais interessante é a carta que ele escreve para a filha recém-nascida. Mas, minha impressão é que o livro não é “inteiro”; são pedacos de histórias quase sem ligacão. Não tem poesia, não tem profundidade, não tem peso. Não gostei!

Lido em sueco.

Advertisements

Mais um lido para o meu círculo de livros. Dessa vez, um livro de memórias do escritor greco-sueco Theodor Kallifatidis. Ele veio pra Suécia nos anos 60 pra trabalhar e acabou ficando, como muitos gregos e italianos. Olha, pra falar a verdade, não gostei desse livro não. Achei descomplicado, banal, sem profundidade. Nunca tinha lido Kallifatidis antes e näo pretendo mais lê-lo. Achei que ele tenta ser poético, mas a prosa vôa, cai seca no chão.

Lido em sueco.