O primeiro livro de Svetlana Aleksijevitj que li. Tinha lido sobre ela antes, sabia que escrevia livros baseados em entrevistas que fazia com veteranos e veteranas das muitas guerras que a União Soviética travou durante o século XX, mas nunca tinha lido um livro. Comprei esse depois que ela ganhou o Nobel. Gostei. Ela escreve às vezes em diálogo às vezes em texto corrido sobre as experiências terríveis de quem participou da guerra. Esse livro é feito com entrevistas realizadas com mulheres soviéticas, que participaram da luta armada na resistência ou no front, como soldados ou enfermeiras. E não é só guerra; as mulheres contam sobre vestidos, paixões, sapatos e como a vida ficou depois da guerra. Muito interessante. Pesado, mas interessante.

Lido em sueco.

Advertisements