O terceiro livro da série Martha Quest, de Doris Lessing, e, tenho a impressão, o pior de todos (claro, ainda não li os outros dois, mas ainda assim). Cruz-credo. Nesse livro Martha largou o marido, abandonou a filha e se envolveu num grupo político que passa a ser sua nova família. Martha se envolve com um outro homem mas sente que ainda está buscando uma paixão fulminante. Aqui e ali fala da falta que sente da filha, do marido que deixou e que detesta, mas muito en passant. Tudo é política. Detestei. Mas, com certeza, deve agradar a quem gosta de política e não está nem aí pra coisa da filha e do marido…

Lido em sueco.