“Maken”

October 29, 2017

Segunda vez que li o clássico da autora sueca Gun-Britt Sundström, dessa vez para o meu círculo de livros. Gostei mais ainda. Na primeira leitura fiquei irritada com a protagonista, Martina, uma moca típica dos anos 70, lutando para ser liberada, livre o solta do patriarcado e das convencões sociais, principalmente do casamento (o que é engracado já que o título do livro pode ser traduzido como “O marido”). Ela me pareceu uma chata de galocha e indecisa. Agora, nessa releitura, mudei de opinião. O livro continua muito bom, a prosa flui muito bem, mas Martina mudou pra mim. Agora o que sinto por ela é pena – pena dela estar no meio de dois mundos: o convencional com família etc e o moderno, com liberdade, mas com solidão.

Lido em sueco.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: