“Purity”

April 1, 2016

Meu querido Jonathan Franzen, de quem já li tanto. Sim, já li vários livros dele e esse é o que gostei menos. É a história de Purity, uma moca meio alquebrada, da mãe, mucho loca, do pai (não conto mais pra não estragar a história) e de um rapaz alemão, Andreas, também mucho mucho loco. O passado e o futuro dessas pessoas todas estão entrelacados. Não posso deixar de observer e achar interessante como Franzen descreve as mães no livro. A mãe de Purity, cujo retrato é contato pelo pai dela, e a mãe de Andreas, valem um livro só pra elas. E é exatamente isso que adoro nos livros de Jonathan Franzen: a capacidade dele de observar, descrever o comportamento humano, analizar, e tirar conclusões interessantíssimas sobre a condicão humana. Aprendo sempre, muito, quando leio livros dele. Mas essa história me decepcionou. Leia pra aprender mais sobre o que é ser humano, mas não pela história em si, que é fraca. Mesmo assim, ele ganha quatro coracões porque ele é meu querido.

Lido em inglês.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: