“Kungens rosor”

May 5, 2015

Que decepcão! O terceiro livro de Moa Martinsson sobre Mia, a menina da classe trabalhadora sueca do início do século, é o pior dos três. Pra comecar, não é Mia a narradora, mas a escritora. Mia está mais velha, trabalha muito num restaurante, a vida é dura. Ela se mete com agitadores políticos e sociais, mas a voz da menina se perde. Não gostei, mas não é um dos piores livros que já li. Passável porque gosto muito da escritora sueca Moa Martinsson e porque compreendo o por quê dela ter incluído tanta política nesse último livro. Pelo que sei – e sei muito pouco – Moa Martinsson estava envolvida no planejamento social sueco desse tempo (anos 30-40). Interessante na trilogia – e não tão presente nesse terceiro livro – é a descricão da relacão entre mãe e filha. Uma pena.

Lido em sueco.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: