“Brideshead Revisited”

February 1, 2015

Livro do britânico Evelyn Waugh. Já tinha visto o filme, o que me deixou triste, porque perdi a oportunidade de imaginar a história na minha cabeca durante a leitura. Mas gostei do estilo de Waugh. O livro é sobre classe e tem uma ambiguidade interessante no que diz respeito à (homo e bi)sexualidade masculina. Charles e Sebastian são amigos. Às vezes mais do que amigos, mas nada explícito. Tudo latente. O primeiro remediado, classe média, o segundo riquíssimo, alcólatra e destrutivo. O livro é um estudo sobre gente infeliz e com distúrbios psicológicos sérios. Li n’algum lugar que Evelyn Waugh era misógeno, o que pode-se constatar no livro. Enquanto os personagens masculinos são interessantes, os femininos são totalmente dispensáveis. Apesar de que a mãe de Sebastian ser uma excecão. (Mas mães estão acima de serem mulheres, elas são MÃES, é ou não é?).

Lido em inglês.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: