“Ett gott liv”

April 17, 2012

Mais um de uma das minhas autoras favoritas, Ann Heberlein. Já li “Jag vill inte dö, jag vill bara inte leva” (“Não quero morrer, só não quero viver”) e “En liten bok om ondska” (“Um pequeno livro sobre maldade”) e adorei os dois. Esse, cujo título é “Uma vida boa”, é a continuação do primeiro, de quando ela pirou por conta de uma mano-depressão e desapareceu por uns tempos tendo deixado uma carta de despedida pra família. Aqui ela comenta o que aconteceu antes, durante e depois do processo de criação do livro “Jag vill inte dö, jag vill bara inte leva”, o que em si é interessantíssimo. Ela põe muita culpa do que aconteceu no editor do livro, que, segundo ela, a pressionou pra participar de noites-de-autógrafos e programas de televisão pra divulgar o livro quando ela quase estava à beira do suicídio e pensa sobre a culpa que sente sobre o desarranjo que causou na sua família. Gostei muito, mais ainda prefiro o primeiro, porque o acho mais vertiginoso, na beira do abismo mesmo.

Lido em sueco

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: