“Och allt ska vara kärlek”

April 7, 2012

Esse é o segundo livro de Kristian Lundberg que leio. O primeiro, “Yarden” deu um show de bola. Esse livro, cujo título poderia se traduzir (muitíssimo livremente e, talvez, erroneamente) como “E tudo tem que ser/é amor”, é uma continuação do primeiro, só que infelizmente pior. Esse é mais hermético, ainda assim com a angústia que dominava o primeiro, mas muito mais fechado, mas difícil de entender, complicado de achar o fio da meada. Aqui Kristian Lundberg conta mais da história da mãe esquizofrênica e de como isso influenciou a sua vida. Uma das minhas interpretações do livro e do título também meio hermético é que, apesar das loucuras todas da mãe, ele pode hoje em dia ver as ações dela como atos de amor.

Lido em sueco

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: