“Desirada”

June 12, 2011

O segundo livro da escritora caribenha Maryse Condé que leio. Adorei. Se Condé tem uma qualidade como escritora é a de escrever sempre de forma aberta. O leitor é sempre bem-vindo à história, que vai se desenrolando de forma natural. Aqui Marie-Noëlle, que sempre quis saber quem era o seu pai, resolve voltar à sua ilha natal de Guadalupe e descobrir. A história se desenvolve em três continentes, o que pessoalmente não gosto. O outro livro que li de Condé, Färden genom mangroven, foi melhor porque é concentrado em um lugar só (eu prefiro assim). Mas, mesmo assim gostei muito dessa história de três gerações de mulheres. Bacana.

Lido em sueco

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: