"Blindgång"

July 1, 2003

Achei que tinha encontrado uma escritora sueca de cuja obra eu gostaria sem limites. Até que li esse “Andando às cegas” (tradução minha). Detestei esse livro. Acho que é porque finalmente me deparei com a face da Marianne Fredriksson que escreve muito sobre religião, o que existia em todos os outros livros, mas de forma muito mais sutil. Mas, é ainda uma parte do retrato do povo sueco, I supose.

Lido em sueco.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: